O sábio de Tours

Na pequena cidade francesa de Tours havia uma praça. Eu sei, essa afirmação parece absurda, afinal todas as cidades possuem praças aos montes, entretanto, havia uma praça ali que é toda especial.  A praça das Artes. A praça das Artes era encantadora, ali se respirava um perfume sóbrio de múltiplas fragrâncias que compunha um harmonioso aroma,  o chão de pedrisco suavizava o caminhar e arrancava um som gostoso de se ouvir, ao lado da praça corria o rio Loire calmo e seguro de si, deixava sem enfado os cisnes brincar em suas águas. Era uma alegria vê-los majestosos dançando pelas águas...

O casal de idosos que descobriu por acaso a covid-19 e venceu a doença em Alagoas

Ivana Raisky comenta caso de casal de alagoanos, Jovino Feitosa, de 92 anos, e Zélia Feitosa, de 85, que há 65 anos prometeram um para o outro que estariam juntos "na saúde e na doença". Esse juramento nunca fez tanto sentido como há poucos dias, quando descobriram, por acaso, que estava com covid-19. Os dois se trataram e se curaram da doença provocada pelo novo coronavírus.

Mortes pelo coronavírus no Brasil: conheça as histórias de quem não resistiu à Covid-19

Renata Federici comenta a  doença causada pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2), que já deixou mais de 5,5 mil mortos no Brasil. No mundo todo, o total de óbitos supera 220 mil. Dentre os pacientes que não resistiram à doença no país, há pessoas das mais variadas faixas etárias e de diversos estados. Há profissionais de saúde – médicos, enfermeiros, fisioterapeutas – empregadas domésticas, advogados, estudantes, aposentados, políticos.

A luta dos jovens que optam pela esterilização para evitar filhos

Telma Cerqueira comenta caso de  jovens no Reino Unido que optam por não ter filhos e muitos se submetem a procedimentos de esterilização para cortar esse risco de vez.  Pesquisas indicam que, no país, uma em cada cinco mulheres chegará à menopausa sem filhos, parte delas por decisão própria. Esse número é o dobro do registrado há 30 anos. Não há estatísticas nacionais para o caso dos homens, mas dados europeus apontam para tendências semelhantes.

Caixa de cartas

Reflito sobre a importância da amizade, e mais ainda, da necessidade permanente de se cultivar os amigos, pela vivência e pela lembrança, mesmo que seja por uma singela carta.  Amigos são um tesouro. Alguns vão, outros vem. Alguns ainda reaparecem! Nos momentos de alegria, celebram. Nos momentos difíceis, consolam. Como é bom ter amigos para conversar, abraçar, se divertir e ainda, mandar cartas. Como dizia a música dos tempos da Juventude Espírita, o companheiro de jornada é uma “dádiva dos céus”. 

Bebê indiano nasce com duas cabeças e três braços

Jorge Hessen comenta um caso raro de gêmeos siameses causou espanto na Índia. Babita Ahirwar e seu marido, Jaswant Singh Ahirwar, já sabiam que esperavam gêmeos siameses, mas o nascimento da criança fez com que os pais entrassem em choque. As duas crianças compartilhavam os mesmos órgãos internos, incluindo um só coração, porém com duas cabeças separadas. Os bebês nasceram no dia 23 de novembro.

A mulher que fugiu da Coreia do Norte para 'morrer de fome' na rica Coreia do Sul

As mortes horríveis de Han e seu filho provocaram indignação, raiva e muitos questionamentos, não só na vendedora, mas em muitas pessoas com quem falamos, que também estão se fazendo reflexões que começam com "se ao menos". Se ao menos as autoridades tivessem notado sua situação. Se ao menos o governo tivesse feito mais para ajudar os desertores. Jorge Hessen comenta.

Pobre Judas, pobre Jesus ou pobres de nós?

“Crivo da razão! ” é o instrumento que devemos utilizar para selecionar as informações que recebemos, ensina-nos Allan Kardec, o codificador do espiritismo.   Seguindo este alerta, somos poupados de muitos posicionamentos que nos atrasam a caminhada evolutiva. Isto se dá, por exemplo, sobre o há não muito descoberto “Evangelho segundo Judas”...

Como tolerância zero a armas e álcool tornou o Japão um dos países mais seguros do mundo

A tecnologia ajuda, mas, no Japão, não são os sensores e as câmeras os principais responsáveis pela segurança pública. É uma combinação bem-sucedida de leis rigorosas, policiamento preventivo, ações comunitárias e educativas que têm garantido ao país uma posição de destaque entre os lugares mais seguros do mundo. Valerie Nascimento comenta.

Páginas

Atendimento Fraterno via chat. De domingo a quinta-feira, das 20h às 22h, e em dias e horários alternativos.