A recém-nascida que sobreviveu após levar dois tiros em ataque no Afeganistão

Renata Federici comenta caso de uma bebê recém-nascidaque  sobreviveu a um ataque a um hospital em Cabul, capital do Afeganistão, após levar dois tiros na perna. A mãe de Amina havia acabado de dar à luz quando atiradores entraram no hospital, foram até a ala da maternidade e começaram a matar as mulheres e seus bebês que estavam ali.

"Vi o meu fim": Médico belga esteve três semanas em coma devido à Covid-19

Thiago Barbosa  comenta caso do médico Antoine Sassine que diz ter visto o pai, que havia morrido quatro anos antes, durante as três semanas em que esteve em coma induzido. O urologista de 58 anos vai agora recuperar da doenças a partir de casa. O urologista belga de 58 anos foi infetado, assim como toda a sua equipa médica, no mesmo hospital onde ficou internado.

Não vejo evidências que corroborem a existência de Deus

Jorge Hessen comenta  entrevista do astrofísico americano Neil Degrasse Tyson que é o mais ativo divulgador da ciência depois de Carl Sagan. Na entrevista concedida à VEJA, ele diz que aceitar afirmações sem exigir provas é burrice e alerta contra as polícias do pensamento. Em suas palavras, “mostra as reais maravilhas do conhecimento”. Ele faz isso por meio de livros best-sel­lers, a exemplo do mais famoso deles, Origens, lançado em 2004 nos Estados Unidos.

Deus

Alguém bate a nossa porta. Sussurrando palavras de contrariedade por ter de levantar de uma poltrona confortável, assistindo as últimas notícias ou a um programa de entretenimento, apesar do grande esforço para cruzarmos o espaço que nos separa da poltrona à porta, conseguimos atingir o objetivo para constatar, com enorme surpresa, que não havia ninguém. É mais ou menos desta forma que Kardec nos explica acerca da existência de Deus no Capítulo II do livro A Gênese.

De Deus para nós

“Acontece que você está tendo uma visão distorcida de Deus. O que é muito comum, porque as religiões encarregadas de nos ensinar a entender Deus falharam nos seus objetivos. Resultado: homens do século XXI distraem-se com um Deus antropomórfico até que a dor lhes bate a porta do coração. Sem onde encontrar socorro, deixam-se levar pelo materialismo, como você está fazendo”.

Cientistas conseguem reativar cérebros de porcos quatro horas após morte

Luiz Antonio Paiva comenta notícia de como cientistas americanos ligados à Universidade Yale reativaram parcialmente cérebros de porcos quatro horas depois de os animais terem sido abatidos. As descobertas devem ampliar o debate sobre a barreira entre a vida e a morte, além de fornecer novas maneiras de pesquisar doenças como a de Alzheimer.

Caçadores de presentes: oferendas para Iemanjá se tornam artigos disputados

Cristiano Carvalho Assis comenta sobre caçadores de presentes à Iemanjá. Nem tudo são flores. Há também a maquiagem, o espelho, os colares. E também o plástico sobre os objetos que Ricardo retira do mar um dia depois da Festa de Iemanjá, no Rio Vermelho. Cinco anos antes, num passeio pelas areias na manhã de 3 de fevereiro, o vigia encontrou de dinheiro a aliança. “Aí não tem como não voltar, a gente vicia.”

Páginas

Atendimento Fraterno via chat. De domingo a quinta-feira, das 20h às 22h, e em dias e horários alternativos.